terça-feira, 12 de abril de 2011

Shorts - Peru

Dia 1 - Ja ca estou!!! Foram so 14 horas seguidas de intenso voo. Mas aproveitei para ver filmes =) 4 filmes! Extraordinario. Neste smomento sao 7h30 em Lima. O pequeno almoco ja esta servido e ha que tracar rotas. Proxima paragem.... nao sei, talvez Nazca.

Dias 2 e 3 - Contas feitas, a rota sera de cerca de 3000km no total. Em 2 dias ja la vao mais de 1000km. Paragens no parque de Paracas e em Nazca para ver as famosas linhas de Nazca e em Arequipa com uma viagem de cortar a respiracao em que a cada curva o paisagem consegue de forma inesperada surpreender-te ainda mais! 4 paragens pela policia em que numa delas quase ficavam com a carta....
Devem estar a pensar: E fotos?? Pois bem, ja gastei um cartao em 2 dias (300 fotos), mas tenho outro bem maior com mais de 1500 =) Assim que tiver oportunidade mostro-vos. O dificil vai ser escolher!!

Proxima paragem: Arequipa - Peru

Nota: Madalena, as tuas oferendas foram as primeiras a distribuir. Fizeram sorrisos na Joanita e Chincilena que vivem num vale a caminho de Arequipa. Como recompensa um "Gracias gringa!"







 Dia 4 - Arequipa, um caos! O transito è um emaranhado de carros e de pessoas que se atravessam uns a frente dos outros. Quase como Marrocos. Ao olhar para a banca de jornais: "Foi finalmente resgatada com vida, uma jovem estudante de 24 anos que se encontrava perdida com o seu companheiro, desidratados ha 9 dias no Canyon de Colca". Mais a frente a policia de choque faz uma barreira na entrada para uma universidade. È greve de estudantes! Embora a policia de choque esteja presente, tudo parece pacifico e passo mesmo em frente sem qualquer problema. A cidade è bonita com muita presenca colonial mas realmente caotica!
Depois de percorrer mais 4h de carro com muitas muitas paragens para fotos na montanha, com lamas, com alpacas ou simplesmente com um dos tres vulcoes ao fundo, fico em Chivay.

Proxima paragem: Canyon de Colca - Peru





Dias 5 e 6 - Canyon de Colca revelou a sua grandiosidade superando qualquer espectativa. O canyon, a observacao dos "Condores" (ave local com cerca de 3m de comprimento), as comunidades locais e mais u ma vez a natureza no seu estado mais puro. Pelo caminho passa-se por um miradouro (entre outros) dos 3  vulcoes que dao nome aos povos locais. Este miradouro em particular fica a 4910m de altitude. Nao custa respirar mas um simples movimento cansa mais do que uma maratona! Deixei Colca sem que encontrassem o rapaz perdido, agora ha 11 dias.
De seguida Puno e o seu grandioso lago Titicaca. As ilhas flutuantes sao verdadeiras ilhas magicas e dignas de visita. O lago é iponente e tem muitas historias para contar. Puno está a cerca de 3500m e altitude. A adaptacao é dificil mas com muito chá de coca e alguns cuidados todas as dificuldades estao ultrapassadas ate ao momento.

Proxima paragem: La Paz - Bolívia
Nota: Deborah, as meninas de Colca agradecem tudo o que enviaste. Dificil apanha-las em fotos, mas penso que algumas ficaram boas. Lucia, Denie de 3 anos que vive em Sta Clara e que veio de boleia com a sua mae no carro, adorou o camiao que mandaste.


Dia 7 - La Paz del Diablo!  Sem duvida um mundo a parte. Para comecar bem o dia, com autocarro logo as 6am, este avariou na fronteira do Peru com a Bolivia. Passageiros do lado da Bolivia e autocarro do lado do Peru, arrastamos as nossas coisas de um pais para o outro como "despatriados" =) Tudo se resolveu por 20bs (bs = bolivianos, moeda local) num bus nao turistico. No meio de mochilas e sacas e batatas todos chegamos ao caos de La Paz. Ha uma grande greve e dizem tambem revolucao, com policia de choque para apaziguar a tensao. Esperemos que o Bus saia amanha, caso contratio teremos de marchar "con los non hermanos de che guevara"!

Proxima paragem: Cusco - Peru

Dias 8 e 9 - A greve continuou mas o autocarro saiu, 1h  mais cedo. Ja em Puno, seguem-se quase 400km ate Cusco. Neste momento ja foram ultrapassados os 2000km ao todo e de camponeses com ovelhas a policias, houve boleia para todos =) Cusco revela-se mais uma vez de perigosas conducoes e com uma vivencia desordenada. Incrvel nao ter ate agora assistido a nenhum acidente!! Passeia-se em Cusco, uma cidade realmente bonita e com tracos coloniais. Visita-se o vale Inca e neles as salinas, a cerca de 1h30 de carro e... sao fascinantes! Com entrada para Machupicchu ja comprada, resta descansar para amanha comecar a viagem que culminara joia da coroa Inca.

Proxima paragem: Machupicchu - Peru
Nota: A caminho de Cusco, pelos vales ladeados de montanhas, ficaram as canetas e os livros de colorir. Em nome deles, obrigada Lucia.

Dias 10 e 11 - Ponderadas as opcoes, apenas e viavel a subida a Machupicchu de 2 dias via "Inka Dead Trail" e nao o antigo caminho inca que demora cerca de 8 dias... Isto significa que terei de voltar para fazer o trajecto por esta via =) A opcao de 2 dias inclui um belo passeio de comboio pelos vales ate ao povoado de "agua Calientes". Conheco um casal brasileiro e mais 3 brasileiros, um deles, Marcelo, que comprou exacatamente o mesmo pacote com o mesmo hostel. Vamos animados e depois de um belo banho nas aguas termais (que dao o nome ao povoado), ainda ha tempo para comer umas tipicas espetadas e combinar a saida de manha bastante cedo. Apenas as primeiras 400 pessoas a chegar e a recolher um carimbo especial no seu boletim de entrada podem subir a Wanapicchum, uma das montanhas presentes no santuario de Machupicchu. È evidente que queremos todos esse carimbo!! Temos de chegar primeiro do que os turistas que seguem de autocarro por isso levantamo-nos as 3:30 e as "4h e picos" da manha ja estamos a caminho. A ponte onder se inicia o "Inka dead trail" apenas abre as 5h e quando chegamos ja estao bastantes pessoas a espera. As portas abrem e comeca a tortura. 45 penosos minutos de escadas tortuosas no meio da floresta que galgam a montanha a direito ate ao santuario... mas consigo o carimbo! Tres dos meus colegas nao conseguem mas o facto de conseguirmos percorrer o trajecto è gratificante. Quanto a Machupicchu... INDRESCRITIVEL. Deixo uma imagem e conto-vos tudo depois ao pormenor.

Proxima paragem: regresso a Lima =(

Dias 12 e 13 - Depois de um dia inteiro de caminhadas e regressada a Cusco, è tempo de regressar a Lima para a recta final. Pois è... esta no fim... Marcelo vem tambem, pois vai para perto de Ica que fica no percurso ate Lima. A viagem è animada e sera feita em duas fases. Primeiro de Cusco a Nazca (um dia inteiro, ou seja, cerca de 12h de caminho) e depois de Nazca a Lima. Tudo corria bem quando ja de noite, na primeira metade do trajecto e a cerca de 100km de Nazca ficamos sem gasolina no meio da montanha deserta e a uma consideravel altitude! Ainda empurramos o carro alguns metros mas... estavamos exaustos. Nao se vë nenhuma luz e o nevoeiro è denso. De repente comecou a trabalhar e com a ajuda das descidas, conseguimos alcancar um camiao muito lento escoltado pela policia. Foi a nossa sorte! Conseguimos chegar a uma bomba, abastecer e seguir para Nazca. Os pormenores... bem, conto-vos depois. Ainda riamos no dia seguinte da situacao =) Marcelo fica em Huacachina onde existe um oasis no meio das dunas e se pode particas sunboard. Infelizmente ja nao tenho tempo de experimentar a prancha e despedimo-nos. Chego a Lim apoir volta das 19h. Aproveito para descansar de toda a agitacao dedepois de mais um dia de longa viagem. Serà a ultima noite no Perù.

3 comentários:

  1. Que se te não fatiguem as pernas prima Vera! E os olhos, esses, que estrelas olham daí? Parece que está de chuva, não deve dar para ver... Cumprimentos setentrionais.

    ResponderEliminar
  2. olá :)
    convido-a a visitar o meu blog de bijuteria/artesanato:

    www.atelierizzy.blogspot.com
    obrigada

    ResponderEliminar
  3. Ohhhhh só agora vi que tínhamos diário online!:)

    Estou a ver que foi mais uma viagem fantástica, e mais uma vez ... mais uma aventura... :D

    ResponderEliminar